sábado, 19 de dezembro de 2009

Batizado e Confirmação - 31/10/2009





































Nasceu Jesus!

Natal, tempo de celebrar a vida!

Neste Natal não se esqueçam do Aniversariante, Jesus Cristo!
É para Ele que deve ser a festa, é para Ele que devem ser os presentes!
Ele deve ser o principal convidado da ceia na sua casa, juntamente com a sua família!
Então, convide à todos, inclusive o Aniversariante!

Feliz Natal e um ótimo Ano Novo para todos os seguidores e amigos deste blog!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Pulseiras coloridas – CUIDADO!!

Como já vi alguns dos meus catequizandos usando estas pulseiras, quero deixar aqui esta matéria.

IMPORTANTE ALERTA!!! Estas pulseiras coloridas estão na moda, mas nem tudo que está na moda convém. Leiam com atenção os textos abaixo. Isto é muito sério e está acontecendo.
Luzia Toledo alerta para uso de pulseiras coloridas por jovens
Extraído de: Assembléia Legislativa do Estado do Espirito Santo - 16 de Novembro de 2009

Pulseirinhas coloridas de silicone estão sendo usadas por adolescentes como parte de um jogo que pode acabar em um simples beijo ou até em sexo. E, sem atinar para o significado do adereço, os pais compram as pulseiras para os filhos.

O alerta é da deputada Luzia Toledo (PMDB), que se mostrou preocupada com a disseminação das pulseirinhas. O adereço é barato: em média R$ 1,00 um conjunto de 12 pulseiras. No jogo, cada cor tem um significado: um abraço, um beijo e até sexo.

Pelas regras do jogo, o jovem que arrebenta a pulseira de determinada cor no pulso de uma menina, por exemplo, tem direito a reclamar o que ela significa. Se quebrar a correspondente a um beijo, a menina que teve a pulseira quebrada deve dar o beijo.

A deputada Luzia Toledo recomenda aos pais que fiquem atentos. "Essas pulseiras só aumentam a permissividade", disse. Membro efetivo da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa (Ales), a deputada pensa em propor uma audiência pública para um debate amplo sobre o tema.”



“Pulseira do sexo
Olha a que ponto chegou o ataque do inimigo às nossas crianças!!!!

Esse post é da Quiane, artesã de Campinas/SP:

"Há duas semanas vem meninos e meninas na minha barraca na feira atrás dessas pulseiras, é uma moda em Londres e veio pra cá e se espalhou rapidamente na minha cidade.
Eu não vendo esse tipo de produto pois só vendo produtos feito a mão, como é estranho essas coisas, todos tem a mesma atitude, como se não pensassem, são crianças que se vestem igual, sem atitude, sem questionar o que serve ou não serve."

Esta mãe, preocupada, começou a pesquisar na Internet e descobriu sites onde se vendiam as pulseiras, grupos no Facebook e fóruns de menores a discutir quem usava que cores. Enquanto alguns pais já confiscaram as pulseiras, muitos continuam na ignorância do significado destes acessórios aparentemente da moda.




Código das cores:
Amarela - abraço
Rosa - mostrar o peito
Laranja - dentadinha de amor
Roxa - beijo com a língua - talvez sexo
Red - lap dance
Verde - sexo oral a ser praticado pelo rapaz
Branca - a menina escolhe o que lhe apetecer
Azul - sexo oral a ser praticado pela menina
Preta - sexo com a menina na posição de missionário

Gente o que é isso????

Resolvi fazer esse post pois quem é mãe e pai as vezes não sabe o que tem por trás das modas e tenho certeza que as crianças estão usando sem saber o que significa...
Eu como mãe não iria querer ver a minha filha usando isso, mesmo que ela não soubesse, pois sempre tem gente que sabe e poderia obrigá-la a fazer coisas...
Fiquem atentos!!!!
Basta de porcaria, pornografia no Brasil e no Mundo
Vamos cuidar das nossas crianças!"



Pais, cuidem de seus filhos!!!

Fiquem com Deus!

Fonte: http://pequenogigante.blogspot.com/2009/11/pulseiras-coloridas-cuidado.html

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

FESTA DO DIA DAS CRIANÇAS!!!
























MOMENTO ESPECIAL: A FESTA LINDA QUE FIZEMOS PARA AS CRIANÇAS DA CATEQUESE, COM AJUDA DE MUITAS PESSOAS QUERIDAS!
À TODOS QUE AJUDARAM A REALIZAR ESTE EVENTO LINDO NOSSO MUITO OBRIGADO, DE CORAÇÃO!!!








Explicação das leituras do 32º Domingo do Tempo Comum (08/11/09)

“Chegue até vós a minha súplica; inclinai vosso ouvido à minha prece”(Cf. Sl 87, 3).


O Evangelho de hoje(cf. Mc 12,38-44) faz uma oposição entre a falsa piedade dos escribas – a hipocrisia – e a verdadeira piedade de suas vítimas, as viúvas, sinônimo de pessoas desprotegidas. Escribas são aqueles que se preocupam com o exterior. O Evangelho cita o exemplo de uma viúva que, depositando algumas moedinhas no templo, coloca “todo o seu viver” nas mãos de Deus, enquanto as pessoas abastadas, embora com muita ostentação, só dão o que sobra, o seu supérfluo.

A índole da viúva é confiar em Deus, já que vive à mercê das pessoas. A primeira Leitura(cf. 1Reis 17,10-16) nos narra um episódio para ilustrar isso. Elias está fugindo do ódio mortal que lhe dedica a rainha Jesabel, filha do rei da Fenícia. A fuga o leva à pátria dessa rainha. A fome o obriga a recorrer à casa de uma pobre viúva, antípoda da rainha. Ela está no fim de seus víveres. Vai cozinhar sua última farinha para si e seu filho, prevendo para depois a morte pela fome. Mas mesmo assim, dá preferência ao “homem de Deus” e lhe entrega seu último “viver”. E Deus recompensa sua entrega total: sua despensa nunca mais ficará vazia.

A mensagem fundamental desses textos é que certos “homens da religião” estão muito longe do mistério da generosidade que se realizou no encontro do “homem de Deus”(Elias) e a viúva de Sarepta – uma pagã. Muitos “homens da religião” estão muito longe do mistério desta generosidade em todos os sentidos porque correm às casas das viúvas para se enriquecer, não para encher as despensas delas. Entretanto fazem ostentação de uma piedade que é negação mesma da piedade da pobre viúva. Será que isso só existia em Israel, no tempo de Jesus?

“Esses terão uma sentença mais severa” deve ficar soando em nossos ouvidos. A liturgia aponta para o tempo final. Está na hora de um exame drástico de consciência. Onde estamos: na singela generosidade das viúvas? Ou estamos na “hipocrisia dos teólogos daquele tempo”? Para termos o coração das viúvas é preciso ter uma fé viva, nos colocarmos nas mãos abertas e generosas de Deus, como nos ensina a oração inicial da Santa Missa de hoje: “...afastai de nós todo obstáculo para que, inteiramente disponíveis, nos dediquemos ao vosso serviço”. Ao serviço de quem? De Jesus Cristo que não deixará, como não deixou faltar nada na dispensa da viúva Sarepta.

Meus queridos irmãos,

Jesus hoje está em Jerusalém e Ele quer nos transmitir os seus últimos ensinamentos. Jesus hoje quer nos falar da escatologia, que é o tratado das coisas últimas. Os escribas e as viúvas são os atores das lições que Jesus passam a cada um de nós. Às exterioridades e à cobiça dos escribas, Jesus contrapõe a generosidade e o desapego da viúva pobre, humilde, anônima. Jesus nos ensina que crer em Deus é uma atitude interna do coração e não a multiplicação de gestos exteriores que mais satisfazem a vaidade que a humildade e a adoração. E amar implica respeito ao que o próximo tem e é. A viúva deu o que não tinha, a sua última provisão de comida. Deu o que não tinha e não pediu nada em troca. Ganhou o que não pediu, a sua dispensa cheia por toda a vida. Crer e amar implicam nesse gesto da viúva e desapego e de doação. Crer e amar significam nada reter, nada exigir. Por isso o exemplo da viúva e uma convocação para cada um de nós neste domingo como um espelho de Jesus, que ofereceu generosamente tudo ao Pai, nada reteve para si, não se apegando nem à sua divindade nem à sua humanidade.

Meus queridos irmãos,

Jesus durante a sua vida pública se encontrou com aqueles que representavam o poder religioso, político e social. Hoje ele está diante dos escribas. Os escribas eram os entendidos das Leis, ou seja os doutores e gostavam de serem chamados pelo título honroso de rabi, que quer dizer “Mestre”. Tinham grande influência sobre o povo, porque eles eram os que interpretavam as leis e faziam às vezes dos advogados. Como a lei era sagrada, julgam-se os escribas sagrados e, por isso, exigiam lugares de honra e de precedência nas reuniões, nas festas e nas sinagogas. Para concorrer com os fariseus, “simulavam longas orações”(cf. Mc 13,40). Jesus acusou os fariseus de dois pecados: de casuísmo, isto é, de torcer e adaptar a lei conforme os interesses do momento, não excluindo interesses financeiros; e de hipocrisia , que os levava a mostrar publicamente o que não eram, e a exigir aplausos e honras a que não tinham direitos.

Jesus considerava os fariseus ladrões porque eles devoravam a economia das pobres viúvas. E isso, infelizmente, nós vemos acontecer muitas vezes em causas que pessoas são espoliadas desde o tempo de Jesus.

As viúvas são como os órfãos, são desprotegidas, quase desprezadas. Diz o Evangelho que Jesus estava sentado no templo, diante do cofre das esmolas observando as doações quando viu a pobre viúva doar as suas duas únicas moedas e afirmou: “Em verdade vos digo, esta pobre viúva deu mais do que todos os outros que ofereceram esmolas. Todos deram do que tinham de sobra, enquanto ela, na sua pobreza, ofereceu tudo aquilo que possuía para viver”. (cf. Mc 13,43-44). A viúva deu tudo o que tinha, tudo o que tinha para a sua sobrevivência. E nisso está a grande lição de hoje, o desapego, a atitude interior, do coração, contra o formalismo, a entrega total a Deus, sem nada pedir em troca. É fundamental para compreender o Reino de Deus entender o sentido da doação, mais do que uma esmola. Por isso o Livro de Tobias nos ensina: “dá esmola segundo as tuas posses. Se tiveres em abundância, dá esmola em proporção a teus bens. Se tiveres pouco, não tenhas receio de tirar desse pouco. Assim acumulas em teu favor um precioso tesouro. A esmola preserva da morte e não deixa entrar nas trevas. Para todos os que a praticam diante do Altíssimo, a esmola é oferenda de grande valor”(cf. Tb. 4, 8-11).

Deus ama quem dá com alegria. Não somente os bens materiais que passam. Mas o grande segredo que devemos aprender hoje é depositar a nossa confiança, como a viúva que deu o que não tinha e ganhou o que não esperava o agrado e a misericórdia de Cristo. Esta confiança da Trindade abre os horizontes da imortalidade! Assim Deus nos ajude. Amém!


(fonte: www.catequisar.com.br)

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Compromissos da Infância Missionária



1 - Tornar Jesus conhecido e amado.
2 - Colocar-se à disposição de todos com alegria.
3 - Repartir seus bens com os que não têm, mesmo à custa de sacrifício.
4 - Rezar todos os dias pelas crianças e adolecentes do mundo inteiro.
5 - Louvar e agradecer a Deus pelos dons recebidos.
6 - Manter-se bem informado sobre os acontecimentos que envolvem as pessoas de todos os continentes.
7 - Reconhecer o que é bom da vida e da cultura dos outros povos, respeitando-os e valorirando-os.
8 - Ser bem comportados e responsáveis em casa, na escola, na comunidade, evangelizando com o exemplo da própria vida.
9 - Nunca desanimar diante das dificuldades.
10 - Tornar Nossa Senhora, a mãe de todos os povos, conhecida e amada.
fonte: http://www.catolicanet.net/im/pagina.php?pagina=150

A Força da Oração





Comentário da Intenção Missionária do mês de outubro de 2009


A fim de que todo o Povo de Deus, a quem foi confiado por Cristo o compromisso de ir e pregar o Evangelho a toda criatura, assuma com afinco a própria responsabilidade missionária e a considere como o mais alto serviço que pode oferecer à humanidade.


fonte: http://www.pom.org.br/int_2009/int_out_09.html

Festa da Padroeira!


EXCLUÍDA POR MUITOS...
ESCOLHIDA POR DEUS!!!


quarta-feira, 7 de outubro de 2009

domingo, 4 de outubro de 2009

A turma que faz acontecer!!!

Festa em comemoração ao Dia das Crianças

A Equipe de Catequese da Rainha: Geny, Ilde, Marina, Liete, Cida, Suzana, Luciana, Christiane, Zenaite, Sr. Carlos (zelador da paróquia), Sonia, Ilza e Silmara!
Estam faltando nesta foto três pessoas que também fazem a diferença: Valderez e Antonio e Cleyde.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

A Bíblia e o telefone celular

Já pensou o que aconteceria, se tratássemos nossa Bíblia do mesmo jeito que tratamos o celular?

Se a levássemos sempre na bolsa ou no bolso do paletó?

Se déssemos uma olhadinha nela várias vezes ao dia?

E se voltássemos correndo para buscá-la, quando esquecemos em casa?

E se a usássemos para enviar mensagens a cada tanto para nossos amigos?

Se a tratássemos como quem já não consegue mais viver sem ela?

Se a déssemos de presente aos filhos, para sua segurança na vida e para facilitar nossa comunicação entre eles?

E se a tivéssemos sempre conosco nas viagens, para usá-la nas situações de emergência?


Pois é... ao contrário do celular, a Bíblia...

- Nunca fica sem sinal e podemos conectar-nos com ela em qualquer lugar...

- Nunca nos passará trotes ou mensagens mau gosto...

- Nem precisamos preocupa-nos com a conta das chamadas, pois tem crédito ilimitado!

- E... o melhor de tudo, a ligação não cai jamais, sua bateria não descarrega e possibilita conversas looongas e gostosas com Deus!


Conselho de amigo: tenha sempre à mão uma listinha de telefones úteis:

1. Se bater a angústia ou a tristeza, ligue para João 14;

2. Se alguém falar mal de você, disque o Salmo 27;

3. Se você estiver nervoso, ligue ao Salmo 51;

4. Se estiver muito preocupado, chame Mateus, 6,19-34;

5. Em caso de perigo, chame para o Salmo 91;

6. Quando lhe parecer que Deus se esqueceu de você, ligue ao Salmo 63;

7. Se a fé vai ficando fraca, chame logo Hebreus 11;

8. Caso bater a solidão e o medo, ligue já para o Salmo 23, ou para Romanos 8,31-39;

9. Se estiver irritado e azedo com os outros, acalme-se e ligue para 1ª.Coríntios 13;

10. Para conhecer o segredo da felicidade, ligue para Colossenses 3, 12-17;

11. Se precisar de paz e descanso, disque Mateus 11, 25-30;

12. Se você anda muito ocupado e cheio de compromissos, ligue para Mateus 5, 1-12;

13. E para saber qual é a coisa mais importante na vida, consulte Mateus 25.

Recebi estes números de emergência de um amigo e pensei que poderia ser útil também para pessoas que estimo muito. Você é uma delas e espero que não se incomode com minha mensagem. Ah, esquecia de um número importante: quando precisar uma luz para compreender melhor o que está acontecendo, disque Romanos 8,28.

Sugiro que imprima esta lista e a guarde na sua agenda ou na Bíblia. Pode ser muito útil. Você também pode acrescentar mais outros números bem úteis. E passe a lista adiante; outros também podem precisar dela!


Esta reflexão foi veiculada por jovens, em Roma, durante o Sínodo dos Bispos sobre a Palavra de Deus, em outubro de 2008.



Fonte: http://www.arquidiocese-sp.org.br/reflexoes/bibliia_telefone_celular.htm

Mês de Outubro - Mês de Nossa Senhora Aparecida - Padroeira do Brasil!






segunda-feira, 28 de setembro de 2009

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Exercícios de Fé!









(Fonte: www.pequenogigante.blogspot.com)

Aprendendo sobre a Palavra de Deus!

"A Bíblia é comunicação, de um Deus amor, de um Deus irmão!"








(Fonte:www.pequenogigante.blogspot.com)

Exercício de Fé!!!

Crianças, vamos relembrar o que aprendemos sobre a nossa Fé!








(Fonte: www.pequenogigante.blogspot.com)

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Reflexão para os Pais!

Uma Hora

Uma criança perguntou timidamente ao pai quando este voltava do trabalho:
- Pai, quanto o senhor ganha por hora?
O pai, friamente, respondeu:
- Para que você quer saber? São dez reais por hora.
- Então, pai, poderia me emprestar três reais?
- Então é por isso que você quer saber quanto ganho por hora? Vai para a cama e não me aborreça mais!
Já era noite quando o pai começou a pensar no que tinha acontecido e sentiu-se culpado. Talvez o filho necessite de comprar algo. Entrou no quarto e perguntou-lhe baixinho:
- Filho, já está dormindo?
- Não, pai.
- Olha, aqui tens os três reais que me pediu.
- Muito obrigado, pai.
Depois a criança levantou-se, foi buscar os sete reais que havia guardado no cofrinho e disse ao pai:
- Agora já tenho dez reais! Pai, o senhor podia me vender uma hora do teu tempo?


Os pais podem dar coisas aos filhos. Mas o que eles mais necessitam é que lhes dêem tempo para os escutarem.

terça-feira, 15 de setembro de 2009


Deus é como açúcar!

Um certo dia um homem foi em uma escola falar de DEUS.

Chegando lá perguntou se as crianças conheciam a Deus, e elas responderam que sim.

Continuou a perguntar e elas disseram que Deus é o nosso pai, que ele fez o mar, a terra e tudo que está nela, que nos fez como filhos Dele, etc.

E o homem se impressionou com a resposta dos alunos e foi mais longe: “Como vocês sabem que Deus existe, se nunca ninguém O viu?”

A sala ficou toda em silêncio, mas Pedro, um menino muito tímido, levantou as mãozinhas e disse:

"A minha mãe me disse que Deus é como o açúcar no meu leite que ela faz todas as manhãs. Eu não vejo o açúcar que está dentro da caneca no meio do leite, mas se ela tira, fica sem sabor."

Deus existe, e está sempre no meio de nós, só que não O vemos; mas se Ele sair de perto, nossa vida fica sem sabor…”

O homem sorriu e disse: “Muito bem Pedro, eu agora sei que Deus é o nosso açúcar e que está todos os dias adoçando a nossa vida…”
Deu a bênção e foi embora da escola surpreso com a resposta daquela criança.

Jesus quer tornar a nossa vida muito abençoada, mas para que isso aconteça é necessário deixarmos que Deus faça milagres e uma grande transformação em nosso coração.
Não esqueçam de colocar “AÇÚCAR” em suas vidas!

CHARADAS BÍBLICAS

Encontre as respostas procurando, na Bíblia, o versículo indicado:


1 - Qual o nome do homem que ficou mudo por não crer na promessa de Deus, que sua esposa teria um filho? RESPOSTA: Lucas 1.20


2 - Quem foi o primeiro músico? RESPOSTA: Gênesis 4.21


3 - Quem subiu ao céu num redemoinho? RESPOSTA: 2 Reis 2.11


4 - Quem foi o pai dos que possuíam gado e habitavam em barracas? RESPOSTA: Gênesis 4.20


5 - Qual foram os dois homens que foram assados vivos no fogo por um rei? RESPOSTA: Jeremias 29.21-23


6 - Quantos maridos a mulher samaritana possuíra? RESPOSTA: João 4.18


7 - Qual foi o primeiro animal que falou? RESPOSTA: Gênesis 3.1


8 - Qual foi o rei que na sua enfermidade, recorreu aos médicos e não a Deus? RESPOSTA: 2 Crônicas 16.12


9 - Quem reinou na Judéia no lugar de Herodes? RESPOSTA: Mateus 2.22


10 - Qual foi a primeira pessoa a ser escravizada por dinheiro? RESPOSTA: Gênesis 37.28


11 - Quem foi o homem que deitou-se na cama e morreu? RESPOSTA: Gênesis 49.33


12 - Qual o nome da nora de Judá ? RESPOSTA: Gênesis 38.11


13 - Qual o nome do comandante do exército de Abimeleque? RESPOSTA: Gênesis 21.22


14 - Onde foi que os seguidores de Cristo foram chamados de cristãos pela primeira vez? RESPOSTA: Atos 11.26


15 - Quem comeu um livrinho e teve uma indigestão? RESPOSTA: Apocalipse 1.2 e 10.10

Fonte: http://blig.ig.com.br/catequese2009/2009/02/27/inicio-da-catequese-2009/

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

DEZ MANDAMENTOS PARA PAIS COM FILHOS NA CATEQUESE

1.Não somos uma ilha. Assim como precisamos da família e da sociedade, para fazer nascer e crescer o nosso filho, mesmo que a primeira responsabilidade seja sempre nossa, também precisamos da Igreja, para que o nosso filho, renascido pelo Batismo, cresça conosco na fé.

2.Não nos bastamos a nós próprios na educação da fé, mesmo que sejamos os primeiros catequistas dos nossos filhos. Os catequistas da nossa paróquia estão à nossa disposição, não para ser nossos substitutos, mas para se tornarem nossos colaboradores na educação da fé. O seu trabalho, feito em comunhão com a Igreja, será sempre em vão, sem o nosso empenho e colaboração!

3.Não faltaremos à Catequese. A Catequese não é um «ensino» avulso e desorganizado. É uma educação da fé, feita de modo ordenado e sistemático, de acordo com o programa definido pelos Catecismos. As faltas à Catequese quebram a sequência normal da descoberta e do caminho da fé. Velaremos pela assiduidade dos nossos filhos. E pelo seu acompanhamento, num estreito diálogo com o pároco e os catequistas.

4.Não esperamos da Catequese que faça bons alunos. Antes, pretendemos que ela nos ajude a formar discípulos de Jesus, que O seguem, em comunidade. Não desprezaremos a comunidade dos seus discípulos, a Igreja, nos seus projectos, obras e iniciativas.

5.Não queremos, apesar de tudo, que a Catequese seja o nosso primeiro compromisso cristão. Participar na Eucaristia Dominical é um bem de primeira necessidade. Saberemos organizar a agenda do fim-de-semana, pondo a Eucaristia, em primeiro lugar. Custe o que custar!

6.Não queremos que a Catequese substitua as aulas de Educação Moral e Religiosa Católica nem o contrário. Porque a Catequese, não é uma “aula”, em ambiente escolar, dirigida sobretudo à inteligência, e destinada a articular a relação entre a fé e a cultura. A Catequese é sobretudo um “encontro”, no ambiente da comunidade, que se dirige à conversão da pessoa inteira, à sua mente, ao seu coração, à sua vida. A disciplina de EMRC e a Catequese não se excluem mas implicam-se mutuamente.

7.Não estaremos preocupados por que os nossos filhos “saibam muitas coisas”. Mas alegrar-nos-emos sempre, ao verificarmos que eles saboreiam a alegria de serem cristãos, e vão descobrindo, com outros cristãos, a Pessoa e o Mistério de Jesus, o Amigo por excelência, o Homem Novo, o Deus vivo e o Senhor das suas vidas!

8.Não exigiremos dos nossos filhos, o que não somos capazes de dar. Por isso, procuraremos receber nós próprios formação e catequese, para estarmos mais esclarecidos e mais bem preparados. Procuraremos estar onde eles estão. Rezar e celebrar com eles, de modo a que a nossa fé seja vivida em comum na pequena Igreja que é a família e se exprima na grande família que é a Igreja.

9.Não exigiremos dos nossos filhos o que não somos capazes de fazer. Procuraremos pensar e viver de acordo com os valores do Evangelho. Sabemos bem que o testemunho é a primeira forma de evangelização. Deste modo, eles aceitarão melhor a proposta dos nossos ideais e valores.

10.Jamais cederemos à tentação de “mandar” os filhos à Catequese, para nos vermos livres deles ou para fugirmos às nossas responsabilidades.


(retirado da comunidade Catequese Católica no orkut)

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Mês da Bíblia!

Chegou setembro anunciando a chegada da primavera, cheia de vida e de flores.
E setembro traz para a Igreja a celebração do mês da Bíblia, essa Bíblia que é toda ela um jardim florido com as flores de Deus.
A Bíblia mais do que um livro, se poderia dizer uma carta cheia de ternura de um pai que se comunica com seus filhos.
O mês da Bíblia há de nos ajudar a nos familiarizarmos sempre mais com o texto sagrado, não só pela leitura que deles se faz na liturgia, mas em nossas leituras e meditações pessoais ou nos círculos Bíblicos e grupos de reflexão que hoje fazem crescer tanto a Igreja, alimentada com a Palavra de Deus.
E seria muito importante nos lembrarmos de que o Espírito não só inspirou os autores sagrados para que escrevessem os livros, mas continua de algum modo misterioso a inspirar a Igreja e os fiéis, quando lemos esses livros. Por isso mesmo, não se lê a Sagrada Escritura apenas por uma curiosidade científica ou para deleite estético. É para falar com Deus!
Lembramo-nos de que assim se estabelece colóquio entre Deus e o homem, uma vez que "A Ele falamos quando rezamos e a Ele ouvimos quando lemos os divinos oráculos!"
(Retirado do texto de Santo Ambrósio, apud DV 25/196)




Setembro, mês da Bíblia!


segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Uma música muito antiga mas valiosa!

Mãezinha do céu, eu não sei rezar,
Eu só sei dizer, quero te amar,
Azul é seu manto, branco é seu véu,
Mãezinha eu quero te ver lá no céu,
Mãezinha eu quero te ver lá no céu.

Curso: Catequese online

Catequese online
Comunicamos a todos os catequistas e às suas comunidades, uma boa notícia!
Vem aí o primeiro curso de catequese, via online, promovido pela CNBB. São 20 aulas apresentadas pelas assessoras da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética, Ir Zélia e Maria Cecília Rover, juntamente com o Irmão Israel José Nery, do Grecat.
As aulas estarão disponíveis na internet a partir de 1º de agosto. Todos os que têm internet, podem fazer este curso, gratuitamente.
É só entrar no site www.jesuscristo.org.br , da TV século 21 e cadastrar-se, para receber uma senha que possibilita acessar o curso.
Aproveite esta oportunidade para aprofundar seu estudo e reflexão sobre o tema e lema do Ano Catequético, a importância da catequese na pastoral de conjunto, a Bíblia na catequese e a missão do catequista.

(fonte: www.cnbb.org.br)

ORAÇÃO DO CATEQUISTA


Pai,permita que meu trabalho transmita a sua Palavra, e minha conduta seja guiada pela ação, em nome do Verbo. Que a infinita sabedoria e inocência de sua criação me envolvam, tornando-me um instrumento a seu serviço. Que eu saiba comunicar seu Evangelho, transformando-me em exemplo e testemunho de seu eterno amor, nesta imensa vida. Assim seja.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Oração para a hora de dormir.







Com Deus me deito e com Deus me levanto, com a graça de Deus e do Espírito Santo.

Nossa Senhora me cubra com seu divino manto.

Meu Anjo da Guarda, meu bom amiguinho, leve-me sempre para o bom caminho.

Amém!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

CRUZADINHA


A ADMIRÁVEL OBRA DA CRIAÇÃO


Essa admirável criação do mundo foi realizada em seis dias. No começo era tudo escuro, vazio, confuso e desocupado. No 1º dia, Deus disse: “Faça-se a Luz”! E a Luz foi criada. Naquele instante, a luz se fez dia e separou-se das trevas da noite.
No 2º dia, Deus disse: “Que haja um firmamento”! E criou o céu azul, lindo e ornado de nuvens! No 3º dia, Deus ordenou: “Juntem-se as águas e apareça o seco”! E assim formaram-se os mares, os lagos, os rios e os continentes. No 4º dia, Deus criou o Sol para iluminar o dia e a lua e as estrelas para darem beleza e luminosidade à noite. No 5º dia, Deus disse: “Fervilhem de animais as águas, e na terra abundem as árvores, os passarinhos e as flores”!
No 6º dia, Deus criou os outros animais da terra e, como prova de seu Amor e Sabedoria, criou o homem semelhante a Ele e o chamou pelo nome de Adão! Deu-lhe também uma companheira, a quem chamou Eva, para que juntos usufruíssem tudo o que Ele tinha criado. E assim chegou o 7º dia, quando Deus contemplou a Sua obra satisfeito e então descansou!

____________ [1] é o criador de todas as coisas que existem!
A _________________ [2] do _______________ [3] foi feita em seis dias.
No 1º dia, Deus fez a ______ [4]. E separou o _______ [5] da _________ [6].
No 2º dia, Ele criou o ______ [7] e no dia seguinte juntou as __________ [8], fazendo surgir os ____________[9] , os _____________[10], os __________[11] e os _____________________ [12].
No 4º dia Deus veio o _______ [13], a ______ [14] e as est__rllelas [15] para iluminar e dar mais ______________ [16] ao dia e à noite.
No 5º dia, Deus criou os ____________ [17] da água, e na _________ (27) fez surgir as ____________ [18], os _______________ [19] e as _________________ [20].
No 6º dia, como prova de seu ___________ [26], Deus criou o ___________ [21] e a mulher, e lhes chamou de ____________ [22] e ___________ [23]. E chegando ao 7º dia, Deus contemplou a sua _________ [24], ficou satisfeito pois viu que tudo era _______ [25] e pode descansar em _______ [26].

Vocação... um chamado de Deus!

  • Vocação, em sentido mais preciso, é um chamamento, uma convocação vinda diretamente sobre mim, endereçada à minha pessoa, a partir da pessoa de Jesus Cristo, convocando-me a uma ligação toda própria e única com Ele, a segui-lo. (cf. Mc 2, 14).

  • Vocação, portanto, significa que anterior a nós há um chamado, uma escolha pessoal que vem de Jesus Cristo, a quem seguimos com total empenho, como afirma São Paulo na Carta aos Romanos: “Eu, Paulo, servo de Jesus Cristo, apóstolo por vocação, escolhido para o Evangelho de Deus.” (Rom 1, 1)Vocação é chamado e resposta. É uma semente divina ligada a um sim humano.

  • Nem a percepção do chamado, nem a resposta a ele são tão fáceis e tão “naturais”. Exigem afinação ao divino e elaboração de si mesmo, sem as quais não há vocação verdadeira e real.Essa escolha pessoal, de amor, é concretizada de uma forma bem objetiva no Sacramento do Batismo, que por isso se torna fundamento e fonte de todas as vocações. É neste chão fértil, carregado de húmus divino, regado pelo sangue de Jesus, que brotam as vocações específicas, aquelas que cabem diferentemente a cada um. Algumas delas são mais usuais e comuns, como a de casal cristão, de leigo cristão, de catequista, de animador da caridade na comunidade.

  • Outras são definidas pela Igreja como vocações de “singular consagração a Deus”, por serem menos usuais, mas igualmente exigentes e mais radicais no processo de seguimento de Jesus: são as vocações de sacerdote, de diácono, de religioso, de religiosa.As vocações mais usuais são cultivadas em nossas comunidades eclesiais. As de “singular consagração a Deus” são cultivadas em comunidades eclesiais especiais, como nossos seminários.

  • O mês vocacional quer nos chamar à reflexão para a importância da nossa vocação, descobrindo nosso papel e nosso compromisso com a Igreja e a sociedade. Reflexão que deve nos levar à ação, vivenciando no dia-a-dia o chamado que o Pai nos faz.

  • Que a celebração do mês vocacional nos traga as bênçãos do Pai para vivermos a nossa vocação sacerdotal, diaconal, religiosa ou leiga. Todas elas são importantes e indispensáveis. Todas elas levam à perfeição da caridade, que é a essência da vocação universal à santidade.
(texto retirado do site http://www.catequisar.com.br/)

Agosto - Mês Vocacional!




Calendário Importante para o Segundo Ano!!!

Dia 12/09 - Curso sobre Batismo para os pais e padrinhos dos catequizandos não batizados.
Dia 31/10 - Batizado e Renovação das Promessas do Batismo dos catequizandos.
Dias 11 e 12/11 - Confissão para a 1ª Eucaristia.
Dia 28/11 - 1ª Eucaristia!!!

Turma Biblincando, www.catequisar.com.br

A imagem símbolo da Catequese... Jesus e as crianças!


terça-feira, 28 de julho de 2009


"O amor não desiste perante o impossível, não desarma perante a dificuldade."
"Quer ser santo? Assuma que você é fraco!
É uma riqueza insondável este texto de São Paulo: II Coríntios 12,1-10. O apóstolo nos fala que, para seu espírito não se encher de orgulho e vaidade, foi lhe colocado um "espinho na carne".
Ter coragem é descobrir onde está a nossa fragilidade e ali trabalhar com um empenho um pouquinho maior."
(tirado do site www.catequisar.com.br)

domingo, 26 de julho de 2009


Jesus sorrindo... esta imagem é da Pastoral da Juventude da Paróquia Rainha Santa Isabel, que está em campanha para espalhá-la através da internet. Então leve esta imagem para sua paróquia, utilize com seus catequizandos! Faça bom uso dela!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Oração para o Ano Catequético


Senhor,
como os discípulos de Emaús, somos peregrinos.
Vem caminhar conosco!
Dá-nos teu Espírito, para que façamos da catequese
caminho para o discipulado.
Transforma nossa Igreja em comunidades orantes e acolhedoras,
testemunhas de fé, de esperança e caridade.
Abre nossos olhos para reconhecer-te
nas situações em que a vida está ameaçada.
Aquece nosso coração, para que sintamos sempre a tua presença.
Abre nossos ouvidos para escutar a tua Palavra,
fonte de vida e missão.
Ensina-nos a partilhar e comungar do Pão,
alimento para a caminhada.
Permanece conosco!
Faz de nós discípulos missionários,
a exemplo de Maria, a discípula fiel,
sendo testemunhas da tua Ressurreição.
Tu que és o Caminho para o Pai. Amém!

terça-feira, 21 de julho de 2009



Este é um modelo de diploma para o dia dos pais que encontrei na internet, com alteração dos dizeres.

terça-feira, 14 de julho de 2009

A História do Zé


Todos os dias, ao meio-dia, um pobre velho entrava na igreja e poucos minutos depois saia. Um dia o sacristão lhe perguntou o que fazia, pois havia objetos de valor na igreja.

- Venho rezar, respondeu o velho.

Mas é estranho, disse o sacristão, que você consiga rezar tão depressa!

Bem, retrucou o velho, eu não sei recitar aquelas orações compridas, mas todos os dias, ao meio-dia, eu entro na igreja e só falo:



OI JESUS, EU SOU O ZÉ, VIM TE VISITAR!


Num minuto já estou de saída. É só uma oraçãozinha, mas tenho certeza que Ele me ouve.


Alguns dias depois o Zé sofreu um acidente e foi internado num hospital, na enfermaria passou a exercer uma influência sobre todos. Os doentes mais tristes se tornaram alegres, muitas risadas passaram a ser ouvidas.



- Zé, disse-lhe a irmã, os outros doentes dizem que você está sempre tão alegre.





- É irmã estou sempre alegre... é por causa da visita que recebo todos os dias, me faz feliz!


A irmã ficou atônica. Já havia notado a cadeira vazia encostada na cama do Zé.



O Zé era um velho solitário, sem ninguém.







- Que visita? Que hora?





Todos os dias, respondeu o Zé com um brilho nos olhos, todos os dias ele vem sentar ao pé da cama. Quando olho para ele, ele sorri e diz:







OI ZÉ, EU SOU JESUS, VIM TE VISITAR!




Padre Paulo, nosso Pároco, no momento sublime da celebração eucarística.

sábado, 11 de julho de 2009

Principal livro da Catequese: BÍBLIA

  • A Bíblia... sem dúvida, ela não é apenas um simples livro, mas o mais importante dos livros. Nela encontramos a história da nossa salvação. A história do grande amor de Deus por todos os homens. Por isso, seus ensinamentos são também importantes. Eles são como a luz: iluminam e fortalecem os nossos passos para seguirmos o caminho do bem. Assim, tornamo-nos amigos de Deus e amigos uns dos outros.

  • O que significa a palavra Bíblia? Ela é uma palavra de origem grega e quer dizer livros. O que, aliás, está muito correto, pois, na verdade, a Bíblia é formada por 73 livros, escritos em lugares e épocas diferentes. Seus autores são muitos, também chamados autores sagrados. A Bíblia é conhecida ainda por outros nomes, tais como Sagradas Escrituras, Livro Sagrado, Palavra de Deus etc.

  • Mas, e para consultar a Bíblia... O que a gente tem que fazer para encontrar o livro que queremos? Como não se perder no meio de tantos livros? Não é tão complicado assim... Para localizar o livro ou texto procurado, basta a gente conhecer e seguir as divisões existentes no próprio livro. Elas funcionam como um índice-guia. Pegue a sua Bíblia para juntos aprendermos a consultá-la. Abra-a e comece a folheá-la, procurando o índice geral dos livros (ele está nas páginas iniciais ou finais da Bíblia). Nele, você vai perceber que existem duas partes: o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Contando os livros de cada parte, encontrará 46 livros no Antigo e 27 no Novo. Agora folheie toda a Bíblia para localizar cada livro.

  • Pois bem, vimos até aqui a grande divisão da Bíblia: o Antigo e o Novo Testamento. O Antigo Testamento narra a história de um povo escolhido por Deus, o povo de Israel. Durante muitos anos Deus acompanhou e preparou com carinho esse povo para receber o seu filho Jesus, o Salvador prometido à Humanidade. O Novo Testamento começa com a vinda de Jesus. Seus primeiros livros são os Evangelhos, que contam os principais fatos da vida de Jesus. Cada um recebeu o nome do autor que o escreveu: São Mateus, São Marcos, São Lucas e São João. Depois vêm os Atos dos Apóstolos, que narram o início da história da Igreja. Tem também as epístolas (que são as cartas escritas pelos apóstolos às comunidades cristãs) e o Apocalipse.

  • Outra divisão importante é a que diz respeito aos capítulos e versículos. Que tal verificá-los na Bíblia? Abra-a, então, no Evangelho de São Lucas. Logo após o título, você percebe o número 1, em tamanho maior e com a cor destacada. Este número maior, em destaque, representa sempre o capítulo do livro. Antigamente não existiam livros como os de hoje. Por isso, também alguns livros da Bíblia foram escritos em rolos feitos com pele de animais (pergaminho).Observe os capítulos seguintes... Já chegou no capítulo 24? Aí termina este Evangelho.Versículos são os números menores que aparecem nos textos e dividem cada capítulo.

  • Há ainda um outro aspecto a ser considerado na Bíblia: são as abreviaturas próprias de cada livro. Localize-as no índice de sua Bíblia. É necessário conhecê-las bem para saber diferenciá-las e, assim, não trocar um livro por outro no momento de procurar o texto desejado. Veja, por exemplo, como algumas delas têm a escrita semelhante: Mt (Mateus), Ml (Malaquias). No entanto, estes dois livros são totalmente diferentes: Mt pertence ao Novo Testamento e Ml ao Antigo. E agora, para treinar melhor o que aprendemos sobre as abreviaturas e as divisões da Bíblia, vamos fazer juntos a leitura desta citação: Lc, 5,1-11 (lê-se Lucas, capítulo 5, versículos de 1 a 11). É bom saber que o número que vem logo após a abreviatura representa o capítulo e os números seguintes indicam os versículos.

  • Assim aprendemos a encontrar na Bíblia a Palavra de Deus para cada momento da nossa vida!
"Rezar não é pensar muito, mas amar muito."

Oração a Santa Isabel


Altíssimo e Soberano Senhor Nosso, que quisestes dar-nos exemplos nos vossos servos, não somente nos claustros e desertos, onde santificastes tantas almas, mas também nos tronos dos reis, e no meio da grandeza e magnificência dos palácios colocastes a virtude, para nos desenganardes de que em todos os estados pode haver o espírito de cristianismo e a salvação. Sois Vós quem, na Rainha Santa Isabel, nos destes o exemplo de um ânimo pacificador, humilde, generoso e caritativo, virtudes tão dificultosas no meio das grandezas humanas, pelo que sejais, para sempre, bendito e louvado. Nós vos pedimos, Senhor, por intercessão desta Santa Rainha, que tão grande foi no mundo e que não é menor no céu, as graças de que tanto precisamos (fazer o pedido); de modo particular a paz em nossos corações e nossos lares. Ó Deus, que sois tão admirável entre vossos santos, compadecei-Vos de nossas misérias e deixai-Vos mover das preces de vossa serva: excite-se a nossa sonolência, anima-se a nossa franqueza: recebamos todos novo ânimo na devoção desta grande serva vossa, reformem-se nossos costumes, e preparem-se assim para nós os caminhos da eterna felicidade. Amém.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Apresentação

Catequese significa "fazer ecoar" e por este motivo nasceu este blog, para fazer ecoar a Palavra de Deus através da Catequese e dos Catequistas que se dedicam a evangelizar.
Este é o blog da Catequese da Paróquia Rainha Santa Isabel que está localizada no bairro da Casa Verde em São Paulo.
Nossa Equipe da Catequese é formada por: Ilza, Cleyde, Silmara, Marina, Ilde, Luciana, Liete, Christiane, Cida, Zenaite, Sonia, Antonio, Geny, Valderez e Suzana.